Home / Exames e Laboratório / Como diagnosticar a Síndrome de Down

Como diagnosticar a Síndrome de Down

A “Síndrome de Down” pode ser reconhecida por suas características físicas diferenciadas e está associada a um atraso no desenvolvimento motor e a uma maior dificuldade no aprendizado, em decorrência de redução nas habilidades intelectuais.

Ela é causada por uma alteração que ocorre durante a formação de um gameta, seja ele um óvulo ou um espermatozoide, fazendo com que um deles tenha um cromossomo adicional. Quando os gametas se unem para gerar um embrião, a presença desse cromossomo adicional leva a alteração na formação do bebê, o que faz com que ele apresente características diferentes.

Os sinais clínicos e físicos da criança já são altamente indicativos da síndrome e facilmente detectáveis ao exame feito pelo pediatra logo após o nascimento. A confirmação, no entanto, depende de um exame de sangue, o cariótipo, que é capaz de identificar a presença desse cromossomo 21 adicional. Algumas vezes levanta-se a suspeita durante a gravidez de que o bebê tenha síndrome de Down. Isso é possível graças a exames como o “Ultrasom”, e pode ser complementado pela “Avaliação do Risco Fetal”; mas tem que ser confirmado por meio da contagem de cromossomos em células da placenta ou do líquido amniótico.

O Ghanem Laboratório realiza o Cariótipo de segunda a quinta, até as 12h em todas as suas Unidades de atendimento. Não é necessário jejum.

Recommended Posts
Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt
paternidade-01blog