Home / Exames e Laboratório / Como está o controle da gripe A (H1N1) atualmente?

Como está o controle da gripe A (H1N1) atualmente?

A gripe também conhecida por influenza trata-se de uma infecção viral aguda, geralmente benigna e autolimitada, no qual o indivíduo pode contraí-la diversas vezes ao longo de sua vida.

Os sintomas iniciais predominantes geralmente são febres, calafrios, tremores, dores de cabeça, mialgia, sintomas respiratórios como a tosse seca, dores de garganta e coriza. O vírus é facilmente transmitido ao tossir e espirrar, e ataca principalmente crianças, idosos e gestantes.

Atualmente há três tipos de vírus influenza: A B e C.

  • Vírus influenza A: Os vírus influenza A são classificados em subtipos conforme as proteínas de superfície que os compõe, Hemaglutinina (há ou H) e neuraminidase (NA ou N). Entre estes subtipos A (H1N1) e A (H3N2) estão infectando os seres humanos.
  • Vírus influenza A e B: São os dirigentes das epidemias sazonais, no qual o vírus da influenza A é o principal responsável das grandes epidemias.
  • Vírus influenza C: O vírus influenza C ocasiona infecções respiratórias vagarosas, não possuindo impactos significativos na saúde pública além de não estar relacionado com as epidemias.

O tratamento é realizado com medicações sintomáticas, hidratações, antitérmicos, alimentações leves e muito repouso, quando os sintomas da influenza não apresentam complicações. Nos casos de complicações mais graves, o indivíduo recebe um suporte intensivo pelo fato de que, nos casos mais graves as complicações são provenientes de infecções bacterianas secundarias no qual geralmente torna-se pneumonia, tornando-se um tratamento específico de acordo com o quadro de cada indivíduo infectado.

O melhor método de prevenção para reduzir o risco de infectar-se com qualquer tipo de doença respiratória é lavar as mãos principalmente antes de ingerir qualquer alimento, utilizar lenços descartáveis para higiene nasal, manter os ambientes bem ventilados, cobrir o nariz e a boca com a parte acima do cotovelo (quando não possuir lenços descartáveis), ao espirrar ou tossir pois isto evita que você encoste com a parte infectada em um local no qual outro indivíduo terá acesso e poderá se infectar e também sugere-se não compartilhar objetos de uso pessoal como garrafas com água, talheres.

H1N1

Os casos do vírus influenza A (H1N1) atualmente está com o índice de indivíduos que possuem a doença reduzida significativamente se comparado ao ano de 2009, porém ainda há casos no país e o melhor meio de prevenção é a vacinação. Devido as constantes modificações que o vírus influenza adquire, é necessário vacinar-se anualmente nas épocas que o Ministério da Saúde realiza a campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, recebendo gratuitamente a vacinação nos postos de saúde, tendo como prioridade crianças de 6 meses e menores de 5 anos, gestantes, puérperas, trabalhador de saúde, povo indígenas, indivíduos com mais de 60 anos de idade, funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis.

Para mais informações:

Disk Ghanem: 47 3028-3001
WhatsApp: 47 98458-1299
sac@grupoghanem.com.br

Recommended Posts
Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Biomimpedâncialei do caminhoneiro