Home / Exames e Laboratório / Dengue, Chikungunya e Zika Vírus – Os exames laboratoriais para estas doenças

Dengue, Chikungunya e Zika Vírus – Os exames laboratoriais para estas doenças

Dengue, Chikungunya e Zika Vírus são três vírus que estão circulando ao mesmo tempo no Brasil, colocando a saúde pública em alerta. Os vírus são transmitidos pelo mesmo vetor, o mosquito Aedes aegypti. Embora apresentem sinais clinicamente parecidos, como febre, dores de cabeça, dores nas articulações, enjoo e exantema (rash cutâneo ou manchas vermelhas pelo corpo), há alguns sintomas marcantes que diferem as enfermidades.

DENGUE

A dengue apresenta sinais e sintomas característicos, como: febre alta (39° a 40°C) de início abrupto que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e prurido cutâneo. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. A dengue é uma doença que requer cuidados e atenção, pois pode evoluir para uma forma mais grave, conhecida como dengue hemorrágica, a qual pode levar ao óbito.

No Ghanem, estão disponíveis os testes de: Sorologia para detecção dos anticorpos IgG e IgM, e o Teste rápido, que detecta simultaneamente os anticorpos IgG + IgM e o antígeno NS1. 

 CHIKUNGUNYA

Já a Chikungunya possui sinais e sintomas como: febre acima de 39 graus, de início repentino, e dores intensas nas articulações de pés e mãos – dedos, tornozelos e pulsos. A dor nas articulações também ocorre nos casos de dengue, mas a intensidade é menor. Podem ocorrer, ainda, dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele. Cerca de 30% dos casos não chegam a desenvolver sintomas.

No Ghanem, estão disponíveis os testes de: Sorologia para detecção dos anticorpos IgG e IgM.                                                                                                                             

ZIKA VÍRUS

A Febre Zika por sua vez, é uma doença autolimitada, que cura-se espontaneamente em poucos dias, e não costuma provocar as complicações hemorrágicas comuns na Dengue. O vírus não apresenta potencial similar ao da Dengue ou da Chikungunya e os pacientes geralmente apresentam um quadro alérgico. Os sintomas, porém, são parecidos com os das doenças “primas”: febre, dores e manchas no corpo. Quem é infectado pelo Zika também pode apresentar diarréia e sinais de conjuntivite.

O potencial relacionamento entre a infecção por Zika vírus e os casos recentes de Microcefalia – uma malformação neurológica em que o tamanho da cabeça do feto ou da criança é menor do que o esperado para a idade – fez aumentar a procura da população, principalmente das mulheres que desejam engravidar, ou já se encontram gestantes, por exames laboratoriais para identificar se estão com o vírus ou já foram infectadas alguma vez ao longo da vida.

No atual estágio de evolução das pesquisas para desenvolvimento de testes diagnósticos do Zika, estão disponíveis no mercado exames para detectar a presença do vírus durante a fase ativa da doença, detectado por meio do exame de PCR. Este exame identifica diretamente no sangue do paciente a presença do material genético do vírus. Como a doença é geralmente autolimitada e o vírus é eliminado em pouco tempo, esse exame tem maior utilidade diagnóstica antes do término dos sintomas.

Recentemente, foram disponibilizados também os exames de sorologia para o Zika vírus. Após o término dos sintomas, é interessante fazer a dosagem dos anticorpos IgG e IgM, estabelecendo desta forma se houve contato com o vírus.

O Ghanem disponibiliza o teste de PCR e a Sorologia por meio da dosagem dos anticorpos IgG e IgM para o Zika Vírus em seu menu de exames.

No momento atual, não existem tratamentos específicos ou vacinas para essas três doenças. O foco tem sido mantido na prevenção, onde o foco está no controle dos focos do Mosquito Aedes aegypti.
Mais informações, acesse o “Assessoria Científica” por meio de 47. 3043 7088, pesquisa@grupoghanem.com.br.

O infográfico produzido pela Fiocruz esclarece também as diferenças entre os três vírus, acompanhe:

Diferenças entre DENGUE, CHIKUNGUNYA e ZIKA VÍRUS

Dra. Andréia Royer Voigt, MSc
CRF/SC 6988
Pesquisa e Desenvolvimento – Ghanem Laboratório e Saúde

Ghanem Laboratório e Saúde – Paixão por você!
Responsável Técnico: Omar Amin Ghanem Filho – CRF SC 3744.
Rua Max Colin, 813.

Disk Ghanem: 47 3028-3001
WhatsApp: 47 98458-1299
sac@grupoghanem.com.br

Posts Recentes
Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

PALChemograma