Home / Exames e Laboratório / Hemograma. Entenda mais sobre este exame

Hemograma. Entenda mais sobre este exame

O HEMOGRAMA é o exame de sangue onde são analisados três tipos de células produzidas pela medula óssea, são elas:
– Hemácias ou eritrócitos (glóbulos vermelhos),
– Leucócitos (glóbulos brancos),
– Plaquetas.

O ERITROGRAMA é a parte do hemograma que avalia os eritrócitos, também chamados de hemácias. Nesta análise são verificados seu tamanho, formato, intensidade de cor, e quantidade de hemoglobina que cada eritrócito possui. Também é mensurada a porcentagem de células sanguíneas (hematócrito). Todos estes parâmetros avaliados em conjunto auxiliam no diagnóstico de anemias, policitemias, desidratação e hiperdiluição.

O LEUCOGRAMA é a parte do hemograma que avalia os glóbulos brancos, os chamados leucócitos. São as células de defesa responsáveis por combater agentes invasores. Os leucócitos são, na verdade, um grupo de diferentes células, com diferentes funções no sistema imune. Alguns leucócitos atacam diretamente o invasor, outros produzem anticorpos, outros apenas fazem a identificação, e assim por diante. O leucograma auxilia no diagnóstico de infecções virais, bacterianas ou parasitárias, displasias medulares, leucemias e linfomas.

O PLAQUETOGRAMA se refere à dosagem das plaquetas, estas são fragmentos de células responsáveis pelo início do processo de coagulação. Quando um tecido de qualquer vaso sanguíneo é lesado, o organismo rapidamente encaminha as plaquetas ao local da lesão. As plaquetas se agrupam e formam um trombo, uma espécie de rolha ou tampão, que imediatamente estanca o sangramento. Graças à ação das plaquetas, o organismo tem tempo de reparar o tecido lesado sem que haja muita perda de sangue. A dosagem de plaquetas é importante principalmente antes de cirurgias e, para avaliar quadros de sangramentos sem causa definida.

Os valores referenciais para cada etapa analisada são estabelecidos por idade e gênero, sendo que 95% da população mundial se encaixam dentro dos valores estabelecidos. Porém, existe um percentual de 5% das pessoas, sem sintomas clínicos, que podem apresentar valores fora da faixa referencial. Sendo assim, pequenas variações no resultado não necessariamente indicam alguma doença. Todavia, é de extrema importância que seu resultado seja interpretado por um médico, pois cada indivíduo possui seus próprios valores basais, que devem ser levados em consideração.

É importante lembrar que para realizar o exame de HEMOGRAMA não é necessário estar em jejum.

Para mais informações entre em contato pelo telefone 47 3028.3001 ou WhatsApp 47 8458.1299.

Recommended Posts
Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt
para blogblog