Home / Exames e Laboratório / Medicina Personalizada: Método Revolucionário de Diagnóstico

Medicina Personalizada: Método Revolucionário de Diagnóstico

Mais de uma década se passou desde o sequenciamento do Genoma Humano. Transcorreram 15 anos, na realidade, desde o anúncio histórico do sequenciamento completo dos 3 bilhões de bases que compõe nosso genoma. Na época, talvez não se imaginasse quais seriam todas as aplicações possíveis que esse conhecimento adquirido traria, mas atualmente colhemos muitos frutos do “Projeto Genoma” e de outros que o seguiram.

As consequências para a prática da medicina têm sido profundas, tais como a geração de medidas que possam prever o risco, permitir o diagnóstico precoce e promover estratégias de tratamento mais efetivas. Podemos dizer que as informações derivadas do Projeto Genoma têm revolucionado a Medicina do Século XXI, por fornecer instrumentos para determinar o componente genético da maioria das doenças.

Os avanços genéticos têm aumentado o conhecimento sobre os mecanismos das doenças e o porquê do curso clínico de algumas delas poder ser tão variável. O Estudo da Variação Genética Humana, particularmente a distribuição dos polimorfismos entre pacientes afetados e não-afetados por determinadas condições, têm provido informações valiosas sobre a contribuição do componente genético do paciente a doenças como câncer, diabetes, hipertensão, obesidade, entre outras.

E é assim que tem origem o que se chama de “Medicina Personalizada”. Esta é apontada como a grande revolução na área da saúde nos próximos anos. Embora uma doença, para se manifestar, geralmente necessite da interação de agentes externos com uma predisposição do indivíduo, o genoma mapeado pode revelar quais são as doenças que podem acometê-lo, e quais tratamentos seriam, de fato, mais eficazes e menos danosos.

A Medicina Personalizada abrange o uso de Biomarcadores para detectar traços genéticos específicos e orientar diferentes abordagens na prevenção e no tratamento de várias doenças. A identificação de vários genes relacionados a doenças hereditárias, oncológicas e infecciosas leva à detecção de polimorfismos genéticos, que estão envolvidos em diferentes evoluções clínicas dessas doenças e em variações nas respostas ao tratamento.

Portanto, a Medicina Personalizada pode ser definida como a abordagem médica baseada em informações individualizadas em relação a dados clínicos, genéticos (referente aos genes especificamente), genômicos (referente a todo o conjunto do DNA) e ambientais. Este conjunto de dados permite a detecção de algumas doenças, ou mesmo a definição de características individuais relacionadas à saúde e o bem-estar.

O Ghanem Laboratório já dispõe em seu Menu de Exames de alguns Perfis de Medicina Personalizada, como:

– Perfil Nutrigenético (Nutrigenética)

– Perfil Nutrigenético Infantil (NutriJunior)

– Perfil Genético de Risco Cardiovascular (Cardiorisk)

– Perfil Genético de Aptidão Física (Genogym)

– Perfil Genético de Aptidão Física e Composição Corporal (Genogym

Master)

– Perfil Dermagenético (DNA Perfect Skin)

– Perfil Detoxificação (Detox)

– Perfil Farmacogenético do HIV (Farmacogenética do HIV)

 

Texto produzido por: Dra. Andréia Royer Voigt, MSc

CRF/SC 6988

Pesquisa e Desenvolvimento – Ghanem Laboratório e Saúde

 

Recommended Posts

Deixe um Comentário

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Excesso de pelos: Pode ser Hirsutismo?!Biomimpedância