Home / Exames e Laboratório / Mulher, você sabe como está sua saúde?

Mulher, você sabe como está sua saúde?

No Brasil, as mulheres representam a maioria da população. Além disso, o papel da mulher na sociedade vem mudando com o tempo. Antigamente a figura feminina era vista como um elemento secundário, mas hoje, esta mesma mulher vem conseguindo aumentar o seu espaço nas estruturas sociais, muitas vezes deixando a figura de dona de casa de lado e assumindo postos de trabalho e cargos importantes em empresas. Entretanto, em muitos perfis familiares a mulher passou a acumular funções, tanto as trabalhistas quanto as domésticas e ainda as maternas, ficando, muitas vezes, sobrecarregada. E nessa estrutura, a saúde da mulher acaba sendo a mais afetada.

saúde da mulher

Então mulheres, que tal tirar um tempinho e verificar como vai sua saúde em geral? Alguns exames de rotina podem ajudar a detectar mínimas mudanças que podem interferir na sua saúde.
Comece realizando um HEMOGRAMA, que pode indicar possíveis infecções, anemias ou distúrbios na coagulação sanguínea. Ele constitui um importante exame no auxílio diagnóstico para doenças hematológicas e mesmo sistêmicas.

A dosagem dos hormônios femininos possibilita a detecção de distúrbios que podem levar entre outras coisas, à infertilidade. Os principais hormônios responsáveis pela manutenção do ciclo menstrual e características femininas são o FSH, LH, ESTRADIOL e a PROGESTERONA.

Os hormônios TSH e T4 LIVRE também são importantes, pois são hormônios que interferem diretamente no metabolismo do organismo, e a sua mensuração contribui para o diagnóstico de alterações de funcionamento da glândula tireóide, como o hipotireoidismo e o hipertireoidismo.

OOutro exame muito importante para as mulheres é o exame PARCIAL DE URINA. As infecções urinárias atingem majoritariamente a população feminina, e é de extrema valia detectar estas infecções antes que elas se tornem infeções mais graves, como as renais.

Se há casos de diabetes na família, é importante dosar os níveis de GLICOSE sanguínea (ou açúcar no sangue), assim como nos casos de histórico familiar de doenças cardiovasculares como o infarto, onde a mensuração do COLESTEROL TOTAL e suas FRAÇÕES se torna importante.

Níveis de colesterol total alto aumentam o risco de doenças cardiovasculares, por isso, é importante que seus valores estejam equilibrados. Mais importante que saber qual o valor do colesterol total, é saber o valor de suas frações: HDL, LDL e Triglicerídeos. O LDL colesterol é conhecido como o colesterol ruim, portanto quanto maior for seu valor, maior será o risco. Já o HDLcolesterol é conhecido como colesterol bom, atuando como protetor das artérias, portanto, quanto maior for seu valor, menor o risco. Níves elevados de triglicerídeos na circulação estão associados à deposição de gorduras nos vasos sanguíneos, levando à aterosclerose, doença relacionada ao aumento do risco de eventos cardiovasculares. Como os valores de triglicerídeos são muito influenciados pela alimentação, FUJA de frituras e comidas gordurosas, principalmente as de origem animal.

Se você, MULHER, é sexualmente ativa, não deixe de fazer o exame para o HIV/AIDS, sífilis e as hepatites. A infecção pelo HIV vem aumentando sua incidência nos últimos anos, tornando-se novamente motivo de preocupação com a saúde mundial. Atualmente o tratamento existente não leva à cura, mas melhora muito o estado de saúde do indivíduo infectado. Por isso, previna-se e, em caso de suspeita, deixe o preconceito de lado e faça um teste!

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível que tem preocupado muito os gestores públicos de saúde pois, outrora controlada, tem aumentando seus índices de forma assustadora. Como a manifestação clínica primária é muitas vezes imperceptível (úlcera indolor), o diagnóstico laboratorial é fundamental. Caso não diagnosticada e tratada adequadamente, a doença pode evoluir para forma crônica, que apresenta manifestações sistêmicas tardias e graves.

O diagnóstico precoce é sempre o mais indicado, assim como para as HEPATITES B e C. Estas são doenças infecciosas causadas por vírus que afetam o fígado. Podem ser sexualmente transmissíveis e, devido à probabilidade de evoluírem para uma forma crônica, com muitas complicações, recomenda-se fazer o teste e diagnosticar o mais cedo possível, para que o tratamento seja mais efetivo.

Portanto MULHERES cuidem da sua SAÚDE! Previnam-se! Afinal de contas, prevenir sempre foi o melhor remédio! Conheçam seu corpo e estejam atentas às mudanças que nele ocorrerem. Acima de tudo, é importante entender que a saúde é definida como um estado de completo bem-estar físico, mental e social em todas suas funções e processos, e não apenas a mera ausência de doença ou enfermidade. E o aumento da qualidade de vida está associado a esse bem-estar.

Recommended Posts
Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

microbiota intestinalhepatites previna-se